Rosea Nigra Esplendor Brasil
Logomarca da Rosea Nigra
   Olá,  Visitante. ( Faça seu login / Cadastre-se )
   Você possui  0 ítem(ns)  no carrinho de compras   |   Meus pedidos   |   Meu cadastro
Categorias
Newsletter
Receba ofertas exclusivas
em seu e-mail
Produtos
Home / autores / Eddy Franciosi

Uma Crônica - Curitiba e sua História

     Uma Crônica - Curitiba e sua História ,texto inédito do jornalista Eddy Franciosi (1930-1990),  é um título demais singelo para o livro monumental que é. Na verdade, é uma grandiosa história de Curitiba, contada desde os primórdios do primeiro planalto paranaense até nossos dias, com muito estilo, emoção, detalhe, pesquisa e precisão histórica. Uma Crônica não é apenas um livro de relatos históricos. É, antes de tudo, pela sensibilidade do autor, um livro que procura revelar o coração e a alma daqueles que fundaram, ajudaram a desenvolver e transformaram Curitiba na grande cidade que é hoje.

Revelações inéditas sobre Curitiba

      Inédito há vinte anos, Uma Crônica repassa, na visão apurada do repórter, cronista, teatrólogo e pesquisador Eddy Franciosi, que foi um dos principais jornalistas de sua geração na cidade, toda a história de Curitiba. Com citações e revelações inéditas, tendo como referência os principais personagens da vida real de Curitiba, historiadores e fontes de pesquisa do Brasil, do Paraná e da sua querida cidade. Franciosi organizou Uma Crônica em dois volumes caprichosamente datilografados e encadernados.

Sólida formação humanística

      Ele levou cinco anos para escrever esta obra. "De Eddy guardo a lembrança de alguém que se mantinha impecavelmente bem vestido, roupa feita em alfaiate, um privilegiado porte físico, perfil italiano, com traços de sinceridade polida de gaúcho”, diz no prefácio o jornalista e escritor Aroldo Murá. "Não falava de si, não expunha seu universo pessoal a não ser para um mundo muito restrito de íntimos. Com eles repartia saberes de um homem de sólida formação humanística, boa parte colhida em pesquisas bibliográficas continuadas, amplas. Tal como fez quando escreveu este grande livro, indo às raízes de nossas raízes, para colorir os passos e os horizontes de Curitiba e suas contradições, suas lendas, seus imigrantes, seus mistérios e as surpresas escondidas no universo de famílias aristocráticas”.

Um grande e delicioso painel histórico

     Eddy Franciosi planejou Uma Crônica de maneira cronológica, dividindo o livro em nove partes. Aos poucos, ele vai revelando, no túnel do tempo, com seu estilo literário encantador, mas quase sempre com fina ironia, a formação da vida urbana de Curitiba, contando as passagens marcantes e polêmicas da vida social e citadina de uma província, até se tornar grande. Todos esses elementos compõem um delicioso painel histórico, que nos transporta a um rico e curioso passado não muito distante, mas não mais presente. No conjunto do texto, o autor registra 318 citações, de 50 autores, além de artigos, entrevistas e outras fontes consultadas, mostrando a seriedade de seu trabalho.

Baseado em grandes fontes

      Estão relacionados nomes fundamentais da história da cidade, como Rocha Pombo, Romário Martins, Reinhard Maak, Gilberto Freire, Andrade Muricy, David Carneiro, Júlio Moreira, Euclides Bandeira, Francisco Negrão, Affonso Alves de Camargo, Oliveira Viana, Temístocles Linhares, Ermelino de Leão, Chichorro Júnior, Valfrido Piloto, Wilson Martins, Poty Lazzarotto, Newton Carneiro, Ruy Wachowicz, Riad Salamuni, Thereza B. de Lacerda, Adalice Araújo, Valêncio Xavier e Freitas Netto. Eddy Antonio Franciosi foi jornalista em tempo integral e um cronista teatral de mão-cheia da cidade. Trabalhou nos jornais de Curitiba como colunista social, repórter e editor.

Uma apaixonado pelo teatro

Também fez teatro, uma de suas maiores paixões, escrevendo e dirigindo peças. Entre as décadas de 1960 e 1970, atuou como profissional no "Diário do Paraná”, o mais importante veículo de comunicação da época. Conviveu na intimidade da sociedade curitibana. Traçava perfis psicológicos de personagens da vida real como ninguém. "Poucos o conheceram bem. Uma das exceções foi a atriz Lala Schneider (1926-2007), dama e legenda do teatro paranaense (poderia ter sido do teatro brasileiro, ela não o quis)”, diz o jornalista Aroldo Murá.

Bom-humor e perspicácia

      A visão crítica de Eddy tornou a sua carreira de jornalista, sobretudo a de colunista social, muito peculiar. Criava situações inéditas: certa vez, vestiu-se de mendigo e foi pedir esmolas na frente da Catedral, praça Tiradentes. Seu "estudo” rendeu uma matéria curiosa, uma verdadeira crônica sobre hábitos urbanos do curitibano. Trabalhou também na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) como assessor de imprensa, produzindo a revista "Indústria” e dirigindo um boletim semanal com dados econômicos. Uma Crônica - Curitiba e sua História é, sem dúvida, um grande livro que revela um grande autor, postumamente.

Cód. Produto: 4


R$ 55,00
 
Indicar produto
 
SAIBA COMO PAGAR
 1x R$ 55,00  2x de R$ 28,32
 3x de R$ 19,07  4x de R$ 14,44
 5x de R$ 11,67  6x de R$ 9,82
 
 
Detalhes
  • Editora: Esplendor
  • Autor: EDDY FRANCIOSI
  • ISBN: 9788598364179
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2009
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 580
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio
Telefone para contato: 41 3253-4608 Formas de pagamento
As imagens exibidas são meramente ilustrativas. Todos os direitos reservados.